"Elo" e "Bustarenga" premiados no Vistacurta

02 Novembro 2020

A curta-metragem de Alexandra Ramires, "Elo", recebeu o "Prémio da Competição Nacional” e “Bustarenga” de Ana Maria Gomes venceu o “Prémio da Competição Local" do Vistacurta: Viseu, cinema & outros desvios.

A edição 2020 teve lugar entre 27 a 31 de Outubro, e no último dia foram revelados os grandes vencedores, sendo atribuído um prémio monetário por categoria no valor de 1.500 euros. O painel de jurados foi composto por Cristóvão Cunha, Margarida Cardoso e Zé Tavares que fez as seguintes considerações sobre as obras premiadas:
Como Jean Renoir diria em relação à criação, não há fórmulas secretas de como ter o filho perfeito. Ele nasce de um passeio no campo, num dia de chuva, numa brincadeira no palheiro. Não será perfeito mas nasce de um sentimento verdadeiro, de uma vontade clara e inequívoca.

Por esse humanismo e clareza de intenções, por esse fascínio e recuperação de uma memória geracional, hoje tão pouco valorizada, o júri decidiu atribuir o prémio da competição local a Bustarenga, de Ana Maria Gomes.

Como encarar a morte ao virar da esquina sem ter medo? Como nos preparamos para o desaparecimento daquilo que mais amamos nestes tempos cinzentos? Há filmes que nos transportam imediatamente para um outro mundo e iludem a finitude dos dias.
Pela criação de um imaginário muito peculiar e próprio, apoiado por uma técnica que potencia dramaturgicamente, e de forma exemplar, a materialidade que lhe serve de suporte, este filme coloca-nos reflexivamente numa posição onde oscilamos entre a sempre presente ideia de morte e simultaneamente a ideia redentora de pertença, de ciclo e de uno.
O vencedor do prémio da competição nacional é Elo, de Alexandra "Xá" Ramires.

O vistacurta nasceu para valorizar a obra dos realizadores da região, mostrando os seus filmes e criando encontros com o público. Desde 2017, inclui a competição nacional de filmes que examinam a questão da interioridade.

Alto Patrocínio

Apoio

Membro fundador